Domingo, 4 de Novembro de 2007

Tudo o que merecias ouvir e nunca fui capaz de te dizer...

- Boa noite.
- Quem é?

- Sou eu, sinto a tua falta.

- Falta? Falta de quê? Das habilidades do meu corpo?!

- Sinto falta de ti.

- Porquê?

- Porque não te resisto.
- (...) Que eu saiba foste tu que telefonaste...
- Desculpa, perdoa-me por te querer tanto, pelo que te faço passar, tu não mereces nada disto, secalhar faço-te mal ...

- Secalhar fazes mesmo ...

- (...) Vens cá amanhã?

- Não.


 

 

 


Era tudo o qe merecias ouvir, tudo o que nunca fui capaz de te dizer, todos o "nãos" que dariam boas respostas mas que foram encobridos pelo sorriso apaixonado de uma virgem deslumbrada, foi tudo o que a minha alma, tua amante, nunca foi capaz de te falar, foi tudo, tudo o que alguma vez a fúria me deixou escapar. Foi a explosão, o rebentamento de um coração dolorido, toda verdade, a porta escancarada que um dia foi o meu corpo, e que agora é o meu coração só ...
Agora, agora sim tu vais sentir saudades. Agora sim te vai doer o peito, te vai falhar a voz, te vai apertar a garganta e moer a mente cada vez que falares ou pensares no meu nome. Agora sim a minha falta vai ser destrutiva. Agora sim vais desejar cada pedaço de mim que rejeitas-te. Agora sim o arrependimente te vai corroer como um tumor incurável. Agora sim, quando te encontrares na solidão, te vou dizer que não a toda suplica que suplicares...
Agora sim, vais ser tu a sofrer por mim. Vais ser tu a dizer-me o quanto sou importante, o quanto valho em ti. Agora, agora meu amor, vou mostrar-te que o que tu me dás não chega, não me enche nem pela metade, porque eu estou farta de momentos, farta de segundos, farta de amor fugaz, breve e instantaneo. Porque quando olhar para ti não quero ver mais do que o que tu és: Alguém que não sabe dar ao amor aquilo que o amor merece... Porque quem perde, és tu, sempre tu!

Portanto, estando tu aqui ou não, vou sorrir o meu melhor sorriso, fazendo de cada momento o especial. sem ti ou não.


 

 

E... se algum dia me qiseres, vais ter de me dar muito mais do que te peço.
 

 


sinto-me: Revoltada

publicado por Leticia às 13:01
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De AnaBaru a 4 de Novembro de 2007 às 19:32
Será que ele sente hoje, o peso imenso que carregas?
Será que ele vê o quanto te custa manter de pé?
Será que ele sabe que tentas sempre convencer que tudo é fácil,
dizer que todos os dias podem ser bonitos?
Mas, será que ele vê hoje, como o dia amanheceu triste?
A chuva cai lá fora, violentamente
O vento canta desmedido nos teus ouvidos
E as nuvens,
Teimam em nascer dentro de ti.

Vive cada dia como se fosse o último...

Existe quem te ame... e quem sabe não está aí mesmo ao teu lado... só que tu não vês...

@


Comentar post

.A Wendy :)


. ver perfil

. seguir perfil

. 19 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Posts recentes

. Fim de mim.

. Tu não tens noção !

. Um desabafo

. A nossa oportunidade 7/11...

. Saudade

. 21-07-09 :D

. Amanhã vais ..

. Oh yes. Just fuck me !

. !

. Gravidez (?)

. Prazer

. Amor

. Agora mando eu .l.

. @$&(*&^%\]

. # só eu

.Arquivos

. Outubro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.Favoritos

. Última Deixa.

. Diário...01/06/07

SAPO Blogs

.subscrever feeds