Domingo, 11 de Janeiro de 2009

Nunca me deixes preciso de ti (...)

Comecei o dia a chorar, acordada do pior pesadelo, no sonho quase que nos perdiamos, hoje aconteceu o mesmo. Discutimos estupidamente, porque ele não me tem dado atenção, e eu me queixei, e ele retribui dizendo que o sufoco. Mas a culpa de tudo isto é de não estarmos juntos o tempo suficiente, onde queremos, quando queremos. Ele diz que estamos a viver na monotonia e que isso o deixa assim, distante... Mas que culpa tenho eu? Sempre que tento que estejamos juntos (com juntos quero dizer, só nós os dois, sozinhos, a trocar mimos e confidências), acontece qualquer coisa, ele tem sempre que estar noutro sitio qualquer. Então, deixei de perguntar, deixei de estar sempre disponivel, e hoje descontrolei-me, libertei-me, deixei fugir aquela pergunta que mais me aterroriza “queres acabar é?” e lia, e relia mil vezes, não acreditei que pudesse ter escrito aquilo, e depois lembrei-me que tinha posto um ponto de interrogação no fim e que ele podia dizer que sim, e fiquei tonta, apaguei o cigarro e chorei durante os 6 minutos que demorou a responder que “não” . Parecia que todos os momentos me passaram a frente dos olhos, mas eu sabia que vinha dai mais, que não acabava aqui. O D só me sabia desprezar, mesmo numa conversa decisiva como aquela as respostas eram secas como as de quem tanto lhe faz, amar ou não, perder tudo o que criamos, e continuei  a chorar, não havia a hipotese de outra atitude a tomar... Até que deixei de jogar na defensiva e expus-me, disse-lhe tudo o que sentia, tudo o que me fazia não ter aquela vontade que a noite passasse depressa para estar com ele, todas as razões que me punham eternos minutos a olhar para o telemovel à espera de um “amo-te” ou de um “mal posso esperar te ter comigo”, lembrei-me do primeiro beijo, da primeira vez, e senti que não podia desperdiçar 2 anos da minha vida dedicados a ele assim, e disse “vamos ter força, vamos mudar isto” e recebi um “sim princesa, eu vou ligar-te mais prometo” agora quero acreditar que sim, que mudámos, mantendo-nos os mesmos, eternos amantes.

sinto-me: Aliviada :)
música: Da weasel

publicado por Leticia às 21:06
link do post | comentar | favorito

.A Wendy :)


. ver perfil

. seguir perfil

. 19 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Posts recentes

. Fim de mim.

. Tu não tens noção !

. Um desabafo

. A nossa oportunidade 7/11...

. Saudade

. 21-07-09 :D

. Amanhã vais ..

. Oh yes. Just fuck me !

. !

. Gravidez (?)

. Prazer

. Amor

. Agora mando eu .l.

. @$&(*&^%\]

. # só eu

.Arquivos

. Outubro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.Favoritos

. Última Deixa.

. Diário...01/06/07

SAPO Blogs

.subscrever feeds